Sites Grátis no Comunidades.net

Aprenda a Montar Sua Propria Boate

Aprenda a Montar Sua Propria Boate

Veja quais os passos necessários para montar uma boate e fazer sucesso com seu negócio. Espaços para diversão em uma cidade são sem sombra de dúvida os bons tipos de negócio. Quando bem planejados, podem render um retorno do valor inicial investido em curto espaço de tempo e gerar lucros rapidamente.

Dentro os espaços voltados para lazer da cidade, montar uma boate é um bom empreendimento e promissor nos dias de hoje. A grande vantagem é que o público que freqüenta este tipo de estabelecimento é bem diversificado, havendo a possibilidade de atingir diversas classes e cidades com seu empreendimento.

Mas antes saber como montar uma boate, é preciso ter certeza se este é o seu desejo de negócio. Este tipo de empreendimento exige um longo tempo de dedicação, trâmites jurídicos e investimento alto para que o ambiente tenha sucesso e possa gerar rentabilidade.

Para quem quer conhecer um pouco mais deste negócio, confira o passo a passo de como montar uma boate.

Escolhendo o tipo de boate para montar

Ter uma boate não significa que pode tocar de tudo e será bem freqüentado. Geralmente nestes espaços o estilo de música propagado é o pop, eletrônico e relacionados. Entretanto, isso não significa que será a única música a tocar em seu estabelecimento. Podem ser feitos shows e noites temáticas, que irão atrair público e fregueses fiéis.

Antes mesmo de procurar um local para montar a boate é preciso escolher qual estilo de boate você quer ter e a melhor forma de pensar nisso é selecionando o público alvo o qual quer atingir. Caso queira cobrar alto pelos serviços, seu público será classes A e B e por isso sua localização deve ser próximo de moradias do setor ou de fácil acesso para essas pessoas. É preciso ter amplo estacionamento também, uma vez que este público em sua maioria irá de carro.

Caso seja um ambiente mais jovial e em conta, opte por montar a boate em bairros próximos a bares e restaurantes freqüentados por pessoas entre 18 e 30 anos, onde a diversão acontece. Veja se o espaço é próximo a pontos de taxi e bem freqüentado por seu público de meta, para facilitar o acesso ou ao menos suscitar a curiosidade.

Organizando a boate – estrutura e licenças

Você pode comprar um local ou alugar, o que é melhor, visto a possibilidade do negócio não dar certo. O ideal é um contrato de 6 meses ou no máximo um ano, tempo suficiente para definir se irá dar continuação ou não ao seu empreendimento.  Assim como na maioria dos negócios evite imobilizar capital desnecessário.

Prefira alugar a comprar, terceirize ao invés de contratar, assim em caso de adaptações na boate ou até mesmo o empreendimento se tornar inviável será mais fácil ter o capital investido de volta.

Evite problemas com a justiça e escolha uma localização para montar a boate que não incomode ou que não esteja tão próxima a bairros residenciais, pois neste há em vigor no Brasil a lei do licencio que voga a partir das 10 horas da noite. Após este horário e o alto barulho permanecer, é possível que moradores chamem a policia e o local pode ser fechado e multado.

Veja também um local que permita um bom número de pessoas. A quantidade de pessoas que são permitidas por lei em um ambiente fechado varia de acordo com a área do espaço. Isso quem irá determinar é a prefeitura, que irá visitar o prédio antes para saber se tudo está de acordo com as regras do regulamento do municio. A visita irá acontecer quando forem dadas as entradas nos tramites necessários para funcionamento do espaço, que entra na licença de estabelecimento voltado para lazer. O valor varia conforme o municio e localização. Para organizar tais trâmites, o ideal é que um contador seja contratado.

Será feita ainda uma visita da vigilância sanitária, para verificar se o ambiente contém normas de segurança de condicionamento de alimentos, circulação de público, entre outras. O contador também ficará responsável por esta parte.

O espaço pode ser organizado para uma ou mais pistas de danças, mas leve em consideração que as pessoas também querem descansar um pouco e precisam de um local para sentar, que podem ser em mesas e cadeiras ou sofás dispostos em diversos locais, que fazem muito sucesso e são os mais usados nos ambientes em atividade hoje em dia.

Na reforma, aproveite para cuidar do vazamento de som e evite incomodar os visinhos. Montar a boate com um bom sistema de isolamento acústico é possível evitar problemas, pois a sonorização do lado externo da boate será mínina.

Equipamentos para montar uma uma boate

Em tais estabelecimentos é possível trabalhar de duas formas: aluguel ou compra de equipamento. Os básicos são som, iluminação e segurança. O sistema de som deve ser bem amplificado e se forma que alcance todos os ambientes com boa acústica. A iluminação mais usada nestes locais é própria para este tipo de ambiente, com jogos de luz colorida funcionando sincronicamente por canhões. Ambos, tanto som como luz, são instalados por um especialista. Como dito acima, ao montar sua boate, a princípio prefira alugar a comprar os equipamentos.

É preciso também servir bebida, de onde vem a maior parte da lucrabilidade do espaço. Ao montar sua boate invista em uma diversidade de drinques, bebidas quentes. Para manter os freezers sempre cheios, invista em uma negociação com fornecedores para que sejam pontuais na entrega.

Dicas para montar uma boate

Mantenha uma boa economia para o caso de eventuais problemas, pois negócios relacionados à diversão sempre podem passar por baixas temporadas.

Invista em segurança. Contrate uma empresa para vigiar o ambiente e tenha seus próprios funcionários para a vistoria tanto na porta do ambiente como internamente, que sejam ágeis e com bom treinamento em conflitos. Invista na segurança do estacionamento e na rua também, para que seus clientes se sintam seguros ao entrar e sair da boate.

Deixe um espaço para palco. Eventualmente você pode usar sua pista de dança para noites temáticas e musica ao vivo, bem como shows de celebridades.